Mother, só tem uma

<3

Das 28 (oi!) séries que eu assisto, a favorita do meu coraçãozinho é How I Met Your Mother. Comecei a assistir lá em 2006 porque baixei por engano o episódio piloto (risos) e não parei mais. Todas as piadas internas, a cumplicidade, as pisadas na bola, todo o carinho, todo o perdão. Ganhou meu coração.

E daí, já estamos indo para a nona – e última –temporada. Ontem, na season finale da oitava temporada, sete anos depois do primeiro episódio, nos foi finalmente apresentada a Mother.

E NÃO LEIA MAIS SE NÃO QUISER ACHAR SPOILERS! 🙂

Ela ainda não tem nome, sua aparição foi muito pequenininha, bem no fim do episódio, e essa é a carinha dela:

oi, eu sou a mother

One ticket to Fairhampton, please?

Eu não vou dizer que todos vocês que tão aí reclamando pra caralho da mãe e dizendo que ela é sem graça comem cocô, porque né.
Mas gente, vocês comem? A mother é Cristin-fuckin-Millioti. A mulher já ganhou até Tony. Gente sem graça não ganha Tony.
A gente precisa ver os dois juntos antes de achar tudo uma bela merda. Vai que funciona?

Muitos reclamaram que “ah, poxa, mas eu gostava tanto da Robin com o Ted”. Eu também gostava. Mas a gente sabia, desde que Ted começou a se referir a ela como “aunt Robin”, que ela não seria a mãe. E a gente também sabia que nenhuma das outras (Victoria, Stella, Zoey) seria. Quer dizer, teria sido Victoria ou Stella – e até mesmo a Robin – se a série tivesse de acabar sem um final planejado, decidido, como vai acabar no ano que vem. E eu sinceramente prefiro a Robin com o Barney. Que graça teria o legendário Barney Stinson se ele não crescesse, como todos os outros personagens? E, convenhamos, ele não poderia jamais se casar com alguém que ele conhecesse usando as táticas do playbook. Não faria o menor sentido. Lily já estava comprometida com o Marshall quando a série começou. NPH é gay, mas o Barney não. Então quem sobra? Sim, Robin.

Não sei que furor é esse que vocês estão sentindo “aaaahhh que sem graça, ele só a conhece no dia do casamento, pfffff”. Gente! Have faith! Reclamar que nem uns malucos não vai fazer a série começar a andar do jeito que vocês resolverem que vai. Ele ainda não a conheceu, então que ódio é esse de revelarem pra gente o rosto dela?

Eu acho que vai dar um frio na barriga a mais, um quê de sabermos onde cada um dos dois está, e, aos poucos, os caminhos deles se encontrarem. ❤

Como sempre, ainda não decidi se acho maravilindo ou muito triste já terem revelado a mãe. Quer dizer que a série vai acabar, mesmo.  E eu sei que já está mais do que na hora, mas… ah. É claro que eu vou baixar tudo de novo, desde a primeira temporada, pra me despedir propriamente quando chegar a hora.

Já to com saudade.

Agora clica aí embaixo e me adiciona no orangotag! ↓

sou doente

sou doente

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s